A Grande Loja Legal de Portugal / GLRP é a única organização maçónica portuguesa internacionalmente reconhecida como Regular. A Maçonaria Regular foi institucionalizada a partir de 1717. Nessa data, quatro Lojas maçónicas de Londres constituíram a Premier Grand Lodge.

A Maçonaria Regular rege-se por 12 Princípios, ou Landmarks Regulares, também conhecidos pelos 12 Pontos da Regularidade, que poderão ser consultados no espaço As 12 Regras.

Entre essas Regras da Regularidade avultam as de que apenas podem ser admitidos como maçons regulares homens livres e de bons costumes, crentes no Criador (mas cabendo à livre e íntima consciência de cada um a concepção individual do mesmo, a religião que professa e a forma como o faz) e a exclusão de qualquer controvérsia sobre Política ou Religião. Os trabalhos das Lojas Maçónicas Regulares são conduzidos à Glória do Grande Arquitecto do Universo (a denominação, abrangente a todas as crenças e religiões que os maçons utilizam para se referir ao Criador) e na presença das 3 grandes Luzes da Maçonaria: o Livro Sagrado (ou Livros Sagrados, se em assembleia houver elementos que, professando diferentes religiões, tenham diversos Livros Sagrados), o Esquadro e o Compasso.

A observância estrita destes princípios distingue a Maçonaria Regular de outras formas de entender e praticar o fenómeno, designadamente da Maçonaria dita Irregular ou Liberal, originada em diferente concepção, nascida em França. São diferentes a identidade e alguns princípios seguidos por estas duas formas de praticar e entender a Maçonaria.

Em contraposição a esta mencionada distinção de princípios, é comum a toda a boa prática da Maçonaria, seja Regular, seja Irregular ou Liberal, a existência de um específico método de aperfeiçoamento pessoal e moral (e, para a Maçonaria Regular, também espiritual), baseado no estudo do Simbolismo e na análise, compreensão, aplicação e relacionação do significado obtido dos símbolos estudados, na aquisição e consolidação de conhecimentos através de sucessivos patamares e na interiorização das lições recebidas através da sua absorção global, pela Razão e Emoção. Essenciais ao espírito e prática maçónicos são a contribuição do conhecimento e esforço individuais para o grupo em que o indivíduo se insere - a Loja -, correspondentemente retribuídos pelo papel do grupo no aperfeiçoamento individual.

Instituição buscadora da excelência, da Sabedoria, da Força e da Beleza, funcionando segundo os princípios da Liberdade, Igualdade e Fraternidade, a Maçonaria desde há séculos que transforma homens bons em homens melhores e, por essa via, contribui para a melhoria das sociedades em que se insere.

 

ASSISTA À ENTREVISTA DO GRÃO-MESTRE JÚLIO MEIRINHOS AO CANAL TVL:

 

ASSISTA À ENTREVISTA DO GRÃO-MESTRE JÚLIO MEIRINHOS AO CANAL TV Saloia:

 

Ética

Desde sempre que a Ética está, indissoluvelmente, ligada à Maçonaria. Trata-se de um conceito estrutural, básico...

Ler mais

Comunicações do Grão-Mestre

Acompanhe as principais Comunicações do Grão-Mestre da GLLP/GLRP Júlio Meirinhos.

Homenagem a Amadeu Ferreira

Dia do Maçom 2015

holy bible